O pensamento custa a repousar
E segue sobrevoando tantas ideias
alheias
Grãos de areia
num deserto.
Estão sempre a se movimentar

pra lá
pra cá...

O medo de desperdiçar os dias
Voltar àquela ingrata
paralisia
que me fazia todas as noites
e dias
chorar.

Hoje choveu no céu
um monte de esperança.
E eu fui mais feliz para a rua
me molhar.

13/03/2013


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição!